Mais

Conheça as vantagens de aplicar corretivos e fertilizantes a taxa variada

A aplicação a taxa variada é uma técnica de agricultura de precisão que permite fazer correções de solo e adubação de forma precisa, com redução de custos

Mário Bittencourt Mário Bittencourt
Compartilhar isto
Distribuidor de calcário Master 15000 Full Tech Piccin que faz aplicação de corretivos e fertilizantes a taxa variada

O atual cenário mundial aponta para uma alta ainda maior no preço dos fertilizantes, devido à guerra entre Rússia e Ucrânia, e aumento dos custos de produção para o agricultor.

Por isso, você deve buscar alternativas para economizar os insumos que já tem em estoque e utilizar da forma mais racional possível os que conseguir comprar.

E uma das alternativas mais adequadas para isso são as técnicas de agricultura de precisão, por meio da qual é possível aplicar corretivos e fertilizantes a taxa variada.

A aplicação da técnica exige o uso de equipamentos com tecnologia embarcada, como tratores com GNSS e piloto automático, além de bons distribuidores. Leia mais abaixo!

Qual a importância da taxa variada na agricultura?

A aplicação da taxa variada é uma das técnicas de agricultura de precisão, decorrente da produção de mapas sobre a variabilidade espacial da área de produção.

Tais mapas podem ser feitos por meio do sensoriamento remoto, com a utilização de drones ou satélites, que fornecem, por meio de imagens em NDVI (Índice de Vegetação por Diferença Normalizada), um diagnóstico preciso sobre as condições nutricionais do solo.

Neste sentido, o uso das técnicas de agricultura de precisão representa um avanço para a agricultura, já que os métodos tradicionais de reposição dos nutrientes ou do uso de corretivos são baseados em análises de solo que fornecem dados médios por hectare.

Esta é a grande diferença entre a agricultura de precisão e a convencional: enquanto a primeira fornece informações objetivas, que indicam quanto de fato o solo precisa de nutrientes, a segunda aponta uma taxa média a ser utilizada, o que gera mais custos.

Quando se realiza a aplicação de insumos a taxa variada há muito mais possibilidade de reduzir o custo de produção, pois o solo receberá a quantidade necessária que determinada cultura precisa para se desenvolver bem.

A aplicação de corretivos e fertilizantes a taxa variada, no entanto, exige conhecimentos técnicos, tanto a respeito das necessidades nutricionais da cultura quanto do maquinário que será utilizado para tal fim.

E com o avanço da mecanização agrícola, são diversas as opções que você tem para aplicar as técnicas de agricultura de precisão e digital em sua fazenda.

Dentre os equipamentos, estão os distribuidores para a aplicação de corretivos e fertilizantes a taxa variada. Saiba mais sobre eles a seguir.

Tipos de distribuidores de corretivos e fertilizantes

Os distribuidores têm como função dosar e distribuir os insumos, sejam eles em forma de grânulos ou pó.

Há diversos tipos de distribuidores. Eles se diferenciam em suas propriedades construtivas, as quais variam conforme a necessidade.

Os distribuidores são classificados conforme a:

  • forma de acoplamento;
  • forma de distribuição;
  • tipo de mecanismo de distribuição;
  • tipo de mecanismo dosador;
  • forma de acionamento do mecanismo dosador.

Com relação ao acoplamento, o distribuidor pode ser acoplado das seguintes formas: montado nos três pontos, semi-montado e de arrasto.

Já a forma de distribuição, pode ser em área total, dirigida ou em linhas, e o mecanismo de distribuição é classificado em centrífugo, inercial (ou pendular), gravitacional (queda livre) e pneumático.

Quanto ao mecanismo dosador, ele pode ser do tipo gravimétrico ou volumétrico, e ser acionado por meio de:

  • eixo cardã acoplado à tomada de potência do trator;
  • pela roda do distribuidor;
  • por meio do motor hidráulico.

Além dos tipos de distribuidores, é importante que, antes da aplicação, você conheça de forma detalhada também o tipo de insumo que utilizará para que faça a regulagem de forma correta, tanto da distribuição quanto da velocidade.

A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) recomenda que para a aplicação ter boa qualidade é necessário ajustar o equipamento e reduzir a distância entre as passadas na lavoura.

Mas é preciso também estar atento aos rastros de outros maquinários, como os pulverizadores, cuja diferenciação pode causar uma ineficiência na aplicação.

O recomendável é utilizar o mesmo rastro e corrigir depois as faixas que não foram atingidas durante a distribuição. Além disso, é importante também não trabalhar quando estiver ventando muito na área de produção.

Veja as opções de distribuidores da Agrobill

A Agrobill possui diversas opções de maquinários para você fazer a distribuição de corretivos e fertilizantes com base nas técnicas de agricultura de precisão. Confira alguns deles abaixo:

Distribuidor Piccin Master 15000 FULL TECH

Este equipamento possui um inovador sistema de autocalibração com células de carga integrada.

Tem ainda constante medição de peso e autocalibração de produto em relação à velocidade do piso, com controle de até 12 seções com monitoramento dos pratos.

Realiza a aplicação de qualquer tipo de corretivo de solo, tem maior capacidade de carga, tecnologia isobus, discos independentes, margem de erro menor que 1% e vem acompanhado de bandejas e coletores de amostragem.

Distribuidor Piccin Master DH S Precision 10000

Já o DH S Precision 10000, tem o bloco de controle com válvulas prioritárias e regulagem simplificada e permite a adaptação de controle via GNSS (ou GPS).

A esteira transportadora possui três opções de velocidade que, combinadas à regulagem da porta de vazão, oferecem precisão e ampla faixa de regulagem da dosagem.

O sistema de carenagem da esteira transportadora permite que o distribuidor trabalhe tanto como esteira de 80 cm (orgânico), como esteira de 40 cm (calcário e granulados).

Opcionais: Kit Rodeiro Regulável; Kit Direcionador; Kit Bica Central; Kit Abafador; Kit Pneus 11L15.

A Agrobill possui também outras opções de distribuidores. Confira aqui.

Conclusão

O uso de distribuidores equipados com tecnologia é essencial para que você realize uma aplicação de insumos à taxa variável e tenha economia de custos na sua lavoura.

Você deve observar, no momento de escolher um distribuidor, quais são as características técnicas do equipamento e do seu trator, bem como da sua área de produção.

Na Agrobill há profissionais qualificados para te dar as informações que você precisa para fazer a escolha certa na compra do seu distribuidor. Faça uma consulta e adquira o seu!

Mário Bittencourt Mário Bittencourt
Jornalista, especializado no setor do agronegócio e pós-graduado em Agricultura de Precisão.
Publicado em .

Produtos recomendados

Leia também

Assine nossa Newsletter

Receba artigos, dicas e conteúdos de qualidade gratuitos sobre agronegócio e produtividade!

Siga a Agrobill nas redes sociais

 Instagram 

Deixe uma resposta